Começa a campanha de vacinação contra a gripe

O frio está chegando e junto com ele vêm as ocorrências da gripe, que atinge pessoas de todas as idades. A recomendação é se precaver com a vacina contra a gripe. Na rede pública ela está disponível, nos postos de saúde, a partir de hoje, 17 de abril e segue até 26 de maio.

A novidade da campanha desse ano é a inclusão dos professores da rede pública e privada entre os grupos prioritários. Para ter o direito a receber a imunização gratuitamente pelo SUS é preciso que eles comprovem com documentos de identificação com foto e declaração da instituição de ensino onde trabalham.

Quem continua a ter o direito de receber a dose na rede pública são crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto, profissionais da saúde e idosos a partir dos 60 anos. As mulheres que tiveram bebê nos últimos 45 dias devem mostrar um documento que indique o dia do nascimento da criança, como a declaração do hospital, certidão de nascimento ou carteira de saúde do bebê.

Médicos do Hospital Angelina Caron recomendam que os portadores de doenças crônicas e outras doenças, que comprometam a imunidade, precisam redobrar os cuidados e, por isso, também têm direito à vacinação pelo SUS. São eles: pessoas com doenças pulmonares, do coração, obesidade, diabetes, doenças de imunodeficiência, como a Aids, e àquelas que estão em tratamento de quimioterapia. Para serem vacinados, na rede pública, eles precisam de prescrição médica.