Conheça a Doença Renal Crônica, saiba como cuidar dos rins e quais os tratamentos realizados no HAC

Março é o mês de conscientização da saúde renal no Hospital Angelina Caron, com ações durante o Dia do Rim para disseminar a importância do cuidado com os órgãos e informar sobre o diagnóstico da Doença Renal Crônica (DRC), que atinge 1 a cada 10 pessoas, segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN). No Brasil, 140 mil pacientes realizam diálise e esse número segue um ritmo crescente.

Em sua fase inicial, a Doença Renal é silenciosa e geralmente não apresenta sintomas. Aos poucos, os rins vão perdendo a capacidade de realizar suas funções e, com a evolução da doença, sinais de alerta como enjoo, coceira na pele, inchaço dos membros e problemas frequentes com o sono podem aparecer.

Através de exames simples como o de dosagem de creatinina e o exame de urina, que podem ser solicitados em consultas de rotina, é possível identificar a presença da doença. 

Pessoas com hipertensão, diabetes mellitus e obesidade são grupo de risco para o desenvolvimento da DRC e devem redobrar os cuidados com a alimentação, ingestão de sal e de água, como também fazer exames regularmente. Além disso, é importante saber que a automedicação é uma vilã da saúde dos rins, medicamentos como antiinflamatórios, antibióticos e anti-hipertensivos em excesso podem comprometer o bom funcionamento renal.

Assista ao vídeo abaixo, com nosso médico nefrologista, Dr. Giorgio Bertuzzo, e conheça melhor os 3 vilões da saúde renal: 

 

 

O tratamento para a Doença Renal Crônica deve ser indicado e combinado entre o médico nefrologista e o paciente.

Conheça os tratamentos realizados no HAC:

HEMODIÁLISE

O sangue passa do paciente para uma máquina que filtra e elimina toxinas, voltando ao paciente já limpo e sem impurezas.

 

DIÁLISE PERITONEAL 

Através de uma membrana localizada no abdome, um cateter envia fluidos que limpam e retiram toxinas do local.

 

Em 2021, o setor de Nefrologia, responsável pelo cuidado e tratamento de doenças renais, realizou 24.205 sessões de hemodiálise em pacientes crônicos em programa no HAC e 3.600 sessões de hemodiálise em pacientes internados.

Clique no vídeo abaixo e conheça a estrutura da Nefrologia do HAC:

 

 

Pessoas de todas as idades podem desenvolver doenças renais, de acordo com histórico familiar, doenças congênitas e hábitos de vida.

Um exemplo da importância dos exames de rotina para detectar problemas renais é Maynara Silva Santos, de 22 anos, cliente do HAC que realiza hemodiálise em nossa Nefrologia. Maynara é uma jovem com planos e sonhos paralisados pela DRC, mas mantidos vivos por sua força de vontade e pelo tratamento realizado no hospital. Assista ao vídeo abaixo e conheça sua história:

 

 

Investigue os sinais do seu corpo! Mantenha seus exames de rotina em dia e inclua um check-up com um Nefrologista para acompanhar sua saúde renal.

Entre em contato com o Hospital Angelina Caron e agende agora mesmo suas consultas via WhatsApp:

Comercial: (41) 99604-0469 e (41) 99857-2360

Central de Atendimento: (41) 3679-8100

 

Hospital Angelina Caron – Ao seu lado, sempre, da prevenção ao tratamento.